LEMBRANÇAS MARCANTES
Escrito por secretaria   
Ter, 21 de Junho de 2016 12:23

Em segundo lugar devemos lembrar – a parr dessa expressão paulina “sendo nós ainda pecadores” – que o pecado nos afasta de Deus (Is 59.1-2: “Mas as vossas iniquídades fazem separação entre vós e o vosso Deus...”); que o pecado bloqueia nossa comunhão com Deus, nosso acesso à vida (Gn 3.24: “E, expulso o homem, colocou querubins ao oriente do jardim do Éden e o refulgir de uma espada que se revolvia, para guardar o caminho da árvore da vida”)e que o pecado mata (Ef 2.1: “Ele vos deu vida, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados”). Em terceiro lugar devemos lembrar que o único remédio, a única solução que possibilita nossa reconciliação com o Pai, ou seja, a única solução para o nosso pecado é o sangue de Jesus: “porque isto é o meu sangue, o sangue da [nova] aliança, derramado em favor de muitos, para remissão de pecados” (Mt 26.28) e “Assim também Cristo, tendo-se oferecido uma vez para sempre para rar os pecados de muitos...” (Hb 9.28).
Em quarto lugar, devemos lembrar que a obra iniciada por Deus em nossas vidas há de ser plenificada, completada, pois Jesus voltará (Mt 26.29: “E digo-vos que, desta hora em diante, não beberei deste fruto da videira, até aquele dia em que o hei de beber, novo, convosco no reino de meu Pai”; “Assim também Cristo... aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o aguardam para a salvação” – Hb 9.28).
Aleluia! Que essas lembranças encham nossos corações de alegria e renovada esperança e, assim, parcipando dos nossos banquetes espirituais comunitários, perseveremos na santa e alegre expectava da volta de Jesus Cristo quando, então, viveremos para sempre com o Senhor.
Com carinho pastoral,
Rev. Claudio Aragão da Guia
 

Setembro 2019
D Se T Q Q Se S
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 1 2 3 4 5